Diários Emocionais vol​.​2

by Bichano Records

supported by
/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

     $7 USD  or more

     

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.

about

Segunda edição da coletânea "diários emocionais", a versão brasileira da "emo diaries" que a Deep Elm Records costumava organizar. Dessa vez, a sonoridade passa pelo emo, post-hardcore, real screamo, post/math-rock e shoegaze. Muitas bandas novas e projetos paralelos de gente que tá no corre há muito tempo. Enjoy!

www.facebook.com/pages/Bichano-Records/638833542842461

credits

released March 15, 2014

Arte da Amanda Oliveira, dona da página Depoisdoutono. (www.facebook.com/depoisdoutono)

tags

license

all rights reserved

about

Bichano Records Brazil

Selo independente do Rio de Janeiro, lançando coisas bonitas e, acima de tudo: sinceras.

DIY label from Rio de Janeiro, releasing cute and sincere stuff.

contact / help

Contact Bichano Records

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: We are Piano - It may be a legend, but we'd knock it all down
it has hardened the root
making jewels about moves
soldering blisters in his hands
moiré patterns without frames
lost an eye
send one piece
call me out
cutting wires to survive
veins are hard to sanitize
I'm someone else you've let behind
No! I'm someone else
remember?
watch me bleed and pray for me
labyrinth of baritones
this falling towers are monotone
yeah i'm someone else you've let behind
send one car
lost a piece
call me out
concentrate and put these zeros
straightly lines in ancient mirrors
lost an eye
send one piece
call me out
send one car
lost a piece
call me out
[gimme a map
gimme a map
show me the way
all their resigned pieces
dying today]
Track Name: Hollowood - Zero
What if the sky was palpable?
Could we buy a stairway?
And if we climbed to the highest cloud
Could sadness reach us again? What do you say?

Closing your eyes won’t work anymore
To vanish those monsters which you see
Now, what if life was a dancefloor?
Would you dance to the music?

Warm up the heat with the beat of your heart
Let’s make a song cause music will show you there’s a way
I’ll make the count until it reaches zero
So take my hand and be ready to fly
We’ll be fine

I don’t know what I was made for
And I don’t know if I care at all
Now what if life was a dancefloor?
Would you dance to the music?

Pour your heart
Into your voice
Into our ears

Empty it all
Share your wills
Share your fears

I'll make the count until it reaches zero

Speed up the rhythm with the beat of your heart
Let's ask a song and whistle your pain so far away
I’ll make the count until it reaches zero
So take my hand and be ready to fly
We’ll be fine
Track Name: o franco atirador - bom
Das vezes que pensei ser forte demais,
errei
E das pessoas que sempre foram boas demais,
duvidei
''Como é que se é bom?''
eu não sei
Jogando Futebol? ou sendo um rei?
prefiro não saber
será que existe algo mais concreto do que o chão que eu piso?
Track Name: Sivie Sue Mori - Juliet
I can't remember the way we kissed
I can't remember the taste of your lips
I can't remember what you said
But for now I want your here to stay

And I hope you wait for
My peaceful end cause
My heart was broken and
Finally I found you

To fix it

Why you did this to me?
(Why you did?)
Why you did this to me?
(Why you did?)

A chapter that even started
Will end with burned pages
I am the doorway of
My dreams for freedom

What you want from me?
(What you want?)
What you want from me?
(What you want?)

Stay far away from me
To fix it
Track Name: Eu, Sozinho - Palavras Sem Valor, Ditas Sem Razão
Cada espelho era um reflexo uma visão, escolheram assim mas não para mim.
Cada dois em quatro são ou aparentam ser?
Não há mais peso em se dizer?
Palavras não valem nada se desgastam com o tempo, já é normal não se lembrar mais do que se diz.
O que muito acha que tem ou o pouco que conhece bem?
Ou então eu me tornei o que parece ser feliz?
A maré passou me molhou, mas eu estou aqui.
Track Name: Postal - não precisa continuar se não der pra continuar
É esse o ponto que queríamos chegar?
Não vai dar em nada
Continua, coloca na mesa pra não derramar
o que sobra da gente, afinal

"The rain falls hard on a humdrum town
This town has dragged you down
Oh, the rain falls hard on a humdrum town
This town has dragged you down"

Como cê tá?
Não vai saber
Quanto custa
Vai pagar
Sem perceber
Track Name: Quinze Meses - Safety
Spring has come to me in the end of the summer
While the spiders were dying and man...
I have to take a breath

And all the showers means nothing when you live at the sea
And I waste more time sailing around and the time always reminds me

About the kids that grew up and everything that was said
All the songs I listened to, they make sense for the very first time (in my life)

And I wish I've grown up in other time, other place, with the same old feelings...
The ones that will never fade
Track Name: Dom Pedro - Alguém na porta
eu ando. acho que é isso: eu ando. não sei pra onde, mas continuo caminhando. às vezes, em um impulso que eu não sei de onde sai, ecstasyada por uma ânsia que faz meu coração pulsar mais forte e encostar na parte da frente do peito, saio correndo pelas ruas quando já é tarde demais para que qualquer outra pessoa esteja nela. e ando dormindo tarde também. sem pensar que no outro dia devo estar de pé antes das 8h. ando não pensando. ando para o trabalho e depois ando de bicicleta. e ando esperando as ideias enquanto os textos andam brotando na minha mente, a cada pedalada, a cada chuveirada no final da tarde. o trem me faz andar quando estou parada. a vida me empurra quando tento cessar o passo. ando sentindo. acho que sempre andei sentindo. e que o sentir está sempre em movimento. sinto enquanto ando. é uma coisa que nunca acaba. nunca posso dizer assim: hoje eu não senti andando. são duas coisas que estão terminantemente ligadas. até quando durmo eu ando. e sinto. normalmente não sigo uma linha reta. muitas vezes os meus pés se enroscam e eu tropeço. é porque nunca paro de andar. e andar sem pensar é aceitar sem contestar o que acontece. aceitar que o que acontece só acontece porque devia ter acontecido. e que não havia outra possibilidade. eu ando sem esperanças. ando de pés descalços. ando me arriscando em um canto que não ensaiei. nunca se ensaia o andar. um dia você acorda e, pronto, sabe andar. não é algo que deva ser planejado.
Track Name: Golfo de Vizcaya - Eulina
E soa a passos de covarde
Mas eu preciso estar
Me sentindo encurralado
Simplesmente ao seu lado
Pra comparar, é igual a lua que influencia o mar
A mais bela dependência
Quanto mais se afasta, mais meu dia se arrasta
Milissegundos a mais que a lei da vida nos proporcionou

A minha insistência é a cura da insanidade
Viajo sem rumo,
Mas minto, te miro, disfarço, faz parte
A presença que por um momento me faz lembrar
Dos gritos que proclamam um fim
Já não adiantam por ecoar a certeza da angústia de uma mente doente que não o liberta
Então me deixa

Eu nunca dei satisfação para ninguém na vida
Mas que saudades de ligar e falar
Minha menina espera um pouco que vou me atrasar